Linguagem Corporal no Esporte

Há estudos que apontam que mais de 90% da nossa comunicação não é verbal.
Nosso corpo e a forma como ele reage contam muito sobre nós e o momento que estamos vivendo.
Já observou jogadores de Poker ficam inexpressivos à mesa, inclusive utilizando muitas vezes oculos escuros? Esse rosto vazio, aparentemente sem expressão é chamada de poker face, e ela é utilizada para não transmitir fisicamente sua excitação com uma mão boa, se vai blefar ou não e qualquer outro detalhe sobre o seu próximo movimento.

Abaixo, o texto de Paulo Sérgio de Camargo, a respeito dessa imagem dos jogadores da Alemanha após a eliminação na Copa do Mundo. “Alemanha em três tempos

Tempo 01. O autotoque sempre é um gesto de conforto, visa minimizar as tensões e ansiedade. Quando ocorre na face a mensagem é muito clara e tem várias interpretações. No caso: “Eu não acredito que estou vendo.” Tempo 02. A mão na cabeça é um gesto típico da derrota. Muito estudado depois da década de 90 pelo americanos em jogos de basquete. Quando as mãos tocam lateralmente a cabeça: “Não acredito, preciso me segurar, estou derrotado.” As mãos sobre a cabeça e com dedos entrelaçados: “Meu deus, o quê aconteceu, estou derrotado, me segurando, apoiando sobre mim mesmo.” Tempo 03. A terceira foto é bem mais emblemática: “Eu me rendo.””
Fonte: www.lingcorporal.com.br

Da mesma forma que nos entrega, a linguagem corporal também pode ser grande aliada. Uma postura de confiança, cabeça e ombros levantados e peito aberto, colaborará em aumento de desempenho e rendimento ao longo da disputa, pois essa mudança de atitude influencia sua auto percepção gerando inclusive efeitos fisiológicos. 👊💪

By | 2018-06-28T17:59:39+00:00 junho 28th, 2018|Uncategorized|0 Comments

Leave A Comment